“Janis: Little Girl Blue”

Salão Brasil
Sessãos às 21h30
Entrada: 2,00 €
Sócios JACC e Fila K: 1,00 €
Bilhetes à venda no local, no próprio dia, a partir das 21h00.

Janis: Little Girl Blue

De Amy Berg

Documentário, Musical
EUA, 2016

Janis Lyn Joplin nasceu na cidade de Port Arthur, no Texas (EUA), em 1943. Considerada por muitos a maior cantora de blues e soul da sua geração, alcançou a fama no final da década de 1960 como vocalista do grupo Big Brother and the Holding Company e, posteriormente, numa carreira a solo, acompanhada pelas suas bandas de suporte: a Kozmic Blues Band e a Full Tilt Boogie. Influenciada por grandes nomes do jazz e blues – como Aretha Franklin, Billie Holiday, Etta James, Tina Turner, Big Mama Thornton, Odetta, Lead Belly ou Bessie Smith –, Joplin transformou-se num dos ícones do rock psicadélico dessa década. Durante a sua curta existência, lançou apenas quatro álbuns: "Big Brother and the Holding Company” (1967), "Cheap Thrills" (1968), "I Got Dem Ol' Kozmic Blues Again Mama!" (1969) e o póstumo "Pearl" (1971). As últimas gravações que fez foram as músicas "Mercedes Benz" e "Happy trails", esta como presente para o aniversário de John Lennon, a 9 de Outubro de 1970. A dependência de drogas e álcool marcou a vida de Joplin e foi a causa da sua trágica morte. A 4 de Outubro desse ano, com apenas 27 anos de idade, foi encontrada sem vida devido a uma “overdose” de heroína.

Com realização de Amy J. Berg (nomeada para um Óscar, em 2007, pelo filme “Livrai-nos do Mal”) e narração da cantora Cat Power, “Janis: Little Girl Blue” é um documentário que contextualiza a vida de alguém que cresceu inadaptado. Numa recusa do clichê “hippie” e a glamorização simplista do “sexo, drogas e rock ‘n’ roll”, a realizadora junta correspondência que Joplin trocou com a família com material de arquivo nunca antes disponibilizado – captado em concertos e bastidores –, revelando não apenas a artista, mas também a mulher em luta consigo mesma. PÚBLICO

Apresentação de Francisco Amaral

Produtor e realizador de audiovisuais. Actualmente é o director da ESEC TV (RTP 2). É também autor de vários programas de rádio entre os quais "Íntima Fração" (Antena 1, TSF, RUC, RCP, Rádio Radar, Expresso Online). É director de Produção em televisão e docente universitário na área da Comunicação e das Artes. A sua formação académica passa pelas Artes Visuais, pela Arquitetura e pela História da Arte. Fez estágios em Cinema de Animação com Gaston Roch - Instituto Superior de Artes Visuais de Bruxelas. Foi bolseiro em França pela Federação Portuguesa de Cinema e Audiovisuais.