Pela mão de Judite

“As palavras poupadas” de Maria Judite de Carvalho, fizeram-se ouvir na leitura encenada pela actriz Helena Faria. Com mestria e talento, a voz de Helena deu vida às personagens criadas pela escritora nos três contos por si escolhidos. Mulheres invisíveis, descritas com apurada sensibilidade e um sentido de humor negro, preenchem uma narrativa povoada de fantasias, solidão, angústia ou desespero. Inês Fraga, neta de Maria Judite, falou-nos da sua avó enquanto escritora e do seu projecto de reedição completa da obra, com a chancela Minotauro/Almedina. No final, segredou: “A minha avó teria gostado muito desta sessão”. Não poderíamos ter recebido melhor aplauso!

Fotos de Nelson Gomes.